Há algum tempo que venho usando peças com listras, principalmente camisetas e blusas, e hoje vou contar um pouco de como ela surgiu. Os trajes com listras foram abominados na época ecliástica, e somente a partir da idade moderna é que passou a ter um conceito diferente.

Com esse novo conceito, as listras passaram de ter ascensão nos séculos XVI a XVIII, ganhando espaço entre os nobres, e logo passaram a aparece entres os trajes dos grande atores de cinema. As listras logo são assimiladas ao uniforme de marinheiros, e foi Coco Chanel quem o deixou famoso quando trouxe a estampa para as roupas femininas, fazendo com que até hoje a estampa seja uma referência de estilo clássico e democrático.

Para o look de hoje, eu escolhi um listradinho que é o meu must-have do guarda-roupa. O vestido possui um corte reto e listras mais finas, com altura no joelho assim da o efeito de alongar, e as listras mais finas deixam mais delicado e discreto, tirando a atenção da silhueta marcada. Por possuir um tecido mais leve, ele é ideal para ser usado a noite, ou de uma maneira mais casual também, ou seja, é uma peça super versátil e fácil de criar combinações.

 

Dress: Zara

Shoes: Up Dn

Bag: Romwe

PH: Thaina Da Cruz  

Você Também Pode Gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *