Olá,

A capital francesa conhecida como berço da moda e do luxo, abriga as grandes “Maisons de la Mode” com as grifes mais famosas do mundo. Mas tem um outro lado da moda parisiense que me encanta ainda mais, o lado vintage, e os famosos ‘friperies’ (ou o s famosos brechós), que estão espalhados pela Cidade da Luz e possuem peças únicas e vintage à la parisiense.

Desde que comecei fazer planos para essa viagem, incluí no roteiro os famosos brechós. Em uma pesquisa rápida pela internet foi possível  encontrar vários endereços e dicas de lojinhas vintage. No Brasil os brechós são em sua maioria sinônimo de economia e é possivel encontrar peças super bacanas por um preço muito acessível, mas por aqui não é assim, as peças de segunda mão e vintage são muito valorizadas o que torna o preço das peças mais elevados, e em Paris não foi diferente pois existem muitos brechós  dedicados somente a peças de luxo. E outros que ficaram tão conhecidos que acabam com preços equivalentes à roupas de uma loja normal.

Bom, o meu foco não eram peças de luxo, eu queria mesmo era garimpar e encontrar peças que realmente tivessem um custo x benefício (embora a tentação tenha sido grande), e por isso foi necessário ter calma e pensar bem no que eu queria, e o que eu poderia aproveitar para customizar.

Eu viajei com a Jessica, e como a nossa estadia foi de 3 dias a gente dedicou um deles para garimpar, após as pesquisas decidimos ir para a região do Marais  (3ème e 4eme), arue de la Verrerie, que concentra vários friperies bem próximos um do outro, e alguns dos mais conhecidos de Paris. Os brechós que visitamos foram: Free’P’Star, Kilo Shop e Mam’zelle Swing.

Free’P’Star 

Esse é muito conhecido, e qualquer coisa que você digitar relacionado a brechós  em Paris, ele vai aparecer como uma das primeiras opções. Existem 3 lojinhas da Free’P’Star por lá,  com muitas peças e acessórios que são verdadeiros achados, e o preço é mais acessível e é possivel encontrar peças a 1€ mas tem que ter MUITA paciência porque é sempre muito cheio mas vale a pena, eu consegui encontrar algumas peças bem legais por lá.

 

Kilo Shop

O conceito dessa loja já diz tudo, roupas à quilo. Cada peça tem uma etiqueta de cores selecionadas que indicam o valor do quilo em uma tabela e logo abaixo a balança. É um pouco confuso no começo, porque você  tem que ir toda hora pesar as peças para fazer uma média do valor. O custo não é tão baixo, mas dependendo a peça da pra conseguir pagar um valor melhor, lá eu comprei uma saia plissada que saiu em torno de 12€ e uma boina/boné no estilo marinheiro foi 10€ que era o preço fixo, mas uma jaqueta jeans por exemplo saìa em torno de 40€.

 

Foto: Catraca Livre
Foto: kilo-shop.com/fr/

Mamz’Elle Swing

O Mamz’Elle é um pouco estranho, e olhando de fora não parece ser convincente, mas a verdade é que ele possui peças por um preço muito bacana e da pra fazer bons negócios por lá. Além disso possui uma infinidade de lenços e écharpes de 1 a 3€.

Foto: fabulousyouparisblog.com

E esse foi meu tour pelos brechós de Paris, de fato os brechós aqui na Europa não são sinônimo de economia, mas procurando bem e com paciência da para conseguir achados incríveis pagando pouco, e a experiência vale mais do que tudo não  é mesmo?!

 

Você Também Pode Gostar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *